segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Ne change rien





Curta de Pedro Costa de 2003, segundo o site dele, descobri-a nos anúncios da 2 (que são os que mais gosto de ver, devo dizer). Creio que saiu agora uma longa, com o mesmo título.


Em Ne Change Rien, Pedro Costa filma Jeanne Balibar, a cantora. É o resultado da amizade e do trabalho de vários anos, que em 2005 tomara a forma de uma primeira curta-metragem, intitulada Ne Change Rien.


Jeanne Balibar – já conhecida como actriz, em filme de Jacques Rivette, Laurence Ferreira Barbosa ou Olivier Assayas, entre outros, lançou o seu primeiro álbum como cantora, Paramour, em 2003, e prossegue desde então o seu trabalho em ambas as áreas. Nos palcos, foi dirigida por Olivier Py, Julie Brochen ou Boris Charmatz.

in Fundação Serralves

Esta curta é muito bela, digamos assim. A voz da Jeanne Balibar é especial, forte e frágil ao mesmo tempo, e dá muita força à simples guitarra que numa primeira fase a acompanha. É particularmente bonita a primeira parte. Preciso de ver a letra, porque o meu francês já não é o que era, isto se alguma vez foi! Recomendo.

Sem comentários: