sábado, 7 de novembro de 2009

Criança



Apetece-me correr. Desatar a correr por meio de campos e vales. Atravessar rios como lagarto que não sou. Tocar no Sol de passagem. Apetece-me correr, porque quero libertar-me de futuros, passados, presentes, ideias, ideais, pensamentos, reflexões... Quero libertar-me de tudo.. Quero libertar-me dos meus músculos, dos meus ossos, de todos os meus tecidos ...(quero que a minha pele fique espalhada pelo chão e pelo ar, por aí. Quero ser livre.... E, depois de me libertar, talvez consiga voar...

Quero-me libertar do que já vivi. Quero tornar a ser eu, eu, e só eu, sem quaisquer influências externas. Quero libertar-me. Quero correr. Quero tornar a ser criança.

Sem comentários: