sexta-feira, 4 de setembro de 2009

URRA


gritemos URRA. é sempre giro gritar URRA. (é a celebração em palavras, elogio, ou constatação da importância de algo)

por isso gritemos URRA, somente àquilo de que gostamos. URRA à noite, ao dia, aos animais, vegetais, às pessoas boas, às pessoas que amamos, aos familiares que gostamos de ver, etc...

gritemos URRA ao que não gostamos também, porque afinal de contas, que valor teriam as coisas importantes se não existissem essas insignificantes e monstruosas coisas. URRA às fezes, à urina, e a suor, aos vendedores de porta a porta, aos assistentes de ligação telefónica e às grandes empresas. URRA aos banqueiros, políticos e advogados corruptos. URRA à morte, ao sofrimento, à fome, à fealdade, à obesidade, à anorexia, às depressões, à solidão.URRA ainda às contas de telefone, telemóvel e internet. [etc etc etc etc etc etc etc etc, e tal] (já viram que a lista de coisas de que não gostamos é muito superior À das coisas que gostamos, só assim é possível darmos tanto valor ao que gostamos)

gritemos URRA à vida e a tudo o que existe, não existe ou que pudesse existir, que eu estou sozinho, deprimido e aborrecido, e não tenho mais nada para fazer

ps:. se calhar é com H, mas estou com uma vontade de me enganar que nem vos digo...

Sem comentários: