terça-feira, 15 de setembro de 2009

A parva felicidade



Oh pah hoje estou feliz! Estupidamente feliz, sem motivo nem razão... Não estou feliz por viver ou por ir morrer um dia... estou feliz sem motivo, porque estou vivo obviamente, porque se não estivesse vivo valia-me de muito estar feliz! Mas estou feliz... da mesma forma que por vezes dou por mim estupidamente triste, hoje dei por mim sem mais nem menos eufórico e sem vergonha na cara... estou a me libertar de mim próprio, o que até é mais ou menos bom...

dei por mim a meio de um ensaio para um espectáculo com vontade de imaginar outros mundos em músicas já delineadas... e não me enganei no que tinha de tocar.. o que é óptimo... mas realmente não sei porque estou assim... tenho andado a pesquisar a discografia dos beatles tive algumas surpresas... especialmente positivas... A A day in the life é qualquer coisa de fantástico...



é bom poder-se estar feliz sem motivo, assim como é bom estar-se triste sem motivo... é como se Deus nos tocasse com a sua mão gigante e nos desse o dom de sentir... que bom é poder sentir!

Sem comentários: