sábado, 22 de janeiro de 2011

a inevitabilidade da morte: o desespero



a inevitabilidade da morte é, por si só, um tema inesgotável. em 1957, no mesmo ano de Morangos Silvestres, Ingmar Bergman pegou no texto bíblico e nos sete selos (sendo o sétimo a morte) e numa época manchada pela peste negra, para criar um texto notável. também a inexistência de deus aparece nesta obra em que a luta contra a morte está brilhantemente metaforizada num jogo de xadrez, em que o resultado, desde o início parece estar definido.

Sem comentários: