segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

anda aí um filho da mãe que toca guitarra que se farta!



vindo dos If Lucy Fell, dos I Had Plans e dos recentemente formados Asneira, Rui Carvalho decidiu avançar por uma carreira a solo. com o bonito nome de Filho da Mãe deambula por sonoridades tão diferentes como a guitarra de Carlos Paredes (deambulação menos frequente) e os Blues bem americanos, formando um estilo único, diferente de tudo o resto. com apenas (apenas? tanto!) uma guitarra semi-acústica de cordas de nylon cria magníficos ambientes em que não só a música maravilha, como também a dança dos dedos do Filho da Mãe, visualmente incrível de ver, embriaga o público.

o som deste vídeo não terá grande qualidade, haveria outros com melhor, mas esta é a música que gostaria de destacar, principalmente pela presença das sonoridades coimbrãs do fado e americanas do blues. aconselho a passagem pelo seu myspace.

4 comentários:

kiko disse...

olha eu gosto bastante deste gajo, espero que venha aí um ep bom porque o projecto tem qualidade. É pena os Linda Martini terem deixado lisboa de parte para estes concertos com ele, adorava vê-lo ao vivo.


cumps

joao amorim disse...

ele ao vivo é incrível... mas depois da tour os linda martini devem marcar um concerto em lisboa e no porto, na mesma linha da tour... digo eu...

cumps

kiko disse...

espero que sim, vi-os na semana académica da minha faculdade em setembro, foi óptimo...mas eles tocaram muitas das novas musicas e não as conhecia, o álbum ainda nem tinha saído. Por isso queria vê-los de novo e com filho da mãe!

cumps

joao amorim disse...

é, eles devem estar a guardar lisboa para o fim... eles começaram pelo porto se não me engano o álbum novo está incrível, como os outros aliás... e com o filho da mãe a abrir fica perfeito...