sábado, 13 de junho de 2009

Dans une autre vie miserable - letra

Seria indecente da minha parte criar um blog com o nome de uma música, sem sequer a promover. Assim, publicando aqui a sua letra, espero considerar-me menos indecente um pouco.

Fechado para obras/Dans une autre vie miserable -» Manel Cruz

ando vazio de amor
sou terra seca e muitas miragens

esta merda é gozar com um gajo
começou de uma maneira muito engraçada
estava eu

ando fechado
para obras

dans cette nuit lunaire
certains peuvent manquer d'air
mais seuls les gens valables
que jamais je n'accable
aurout le droit et peuvent en êtrefiers
de dormir sur ce sable...

(nesta noite lunar
alguns podiam ter falta de ar
mas só as pessoas de valor
de quem nunca direi mal
terão o direito e podem estar orgulhosas
de dormir nesta areia)

dans cette vie je préfére
ne pas manquer d'air
etre à la fois capable
de paraitre impeccable
et avec mon air à deux airs
m'endormir sur une bonne table

(nesta vida prefiro
não ter vergonha
conseguir ser capaz
de parecer impecável
e com o meu ar de dois ares
adormecer sobre uma boa mesa)

sou terra sêca e muitas miragens

mais pour ce dernier verre
même s'il n'est pas vraiment indispensable
jamais ne serai amer
sans avoir dissocié l'indissociable
c'est un pari que j'ai du faire
dans une autre vie miserable

(mas por este último copo
mesmo se ele não é verdadeiramente indispensável
nunca serei amargo
ser ter separado o inseparável
é uma aposta que eu tive de fazer
numa outra vida miserável)

1 comentário:

Pára de fazer sentido disse...

Uma letra enigmática, uma sonoridade irresistível e uma voz inesquecível... Sem dúvida, uma óptima escolha. Também o link do meu blog foi pensado nesta música.

Continua com este bom gosto ;)