quarta-feira, 19 de maio de 2010

com certeza que sim


Daniel Rozin's Weave Mirror

Tenho pena que assim seja. Pois, mas terá de ser. Compreendo perfeitamente, mas não pode esperar que esteja satisfeito. E não está? Não, de maneira nenhuma... E de forma? Forma talvez, mas não hoje com certeza... Ontem quer ver? Como adivinhou? Talvez, por vezes, ontem ocorre-me de passear. Por onde? Qualquer sítio serve... Qualquer sítio? Qualquer sítio é agradável.... Pensa assim? Assim penso. Compreendo perfeitamente, mas não pode esperar que esteja satisfeito. E não está? Claro que estou... Mas não disse?!... De que interessa o que eu digo? Não é um bicho falante? Mais ou menos... Nem sempre? Nem sempre... E quando não o é o que é? Um peixe... Compreendo perfeitamente, mas não pode esperar que esteja satisfeito. E que é que você tem a ver com a minha vida? Absolutamente nada, nem quero saber... Então porque fica insatisfeito? Não fico, mas também não fico satisfeito... Não mexe consigo? De maneira nenhuma. Compreendo perfeitamente, mas não pode esperar que esteja satisfeito. Eu se estivesse no seu lugar estaria, sem preocupações, sem obrigações, tem todo o mundo à sua frente. Pois, talvez tenha razão, mas quem lhe diz que não tenho preocupações, ou obrigações. Se as tem faleça com elas...

Sem comentários: