quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

10 livros que não mudaram a minha vida



Não é que tenha lido muito, mas aqui vai a resposta ao desafio da Austeriana.

O Continente da Insónia - António Lobo Antunes

o remorso de valter hugo mãe - baltazar serapião
Jerusalém - Mia Couto

A Vida é Aqui - Milan Kundera

O lugar de Jostein - Sofia Gaardner

Extremamente Alto e Incrivelmente Estúpido - Jonathan Safran Foer

100 anos de República - Gabriel Garcia Marquez

Morte - J.M. Coetzee

Crónicas de uma Desgraça Anunciada - G.G.Marquez

Vinhaça - Miguel Torga

6 comentários:

Austeriana disse...

A do «Vinhaça» é a minha favorita! :)))
Fica bem!

Ana Sousa disse...

Não é o remorso de valter hugo mãe - baltazar serapião, mas sim o remorso de baltazar serapião do escritor valter hugo mãe.

É um grande livro. Pena que não tenha mudado a tua vida.

jp, le miserable disse...

Austeriana,
também aprecio especialmente o "Vinhaça" :)

Ana,
o que tu referiste é um excelente livro e mudou a minha vida, o que não mudou foi mesmo "o remorso de valter hugo mãe"... :)

devo confessar que também só percebi quando vi num outro blog "A Trilogia de Lisboa" (não me parecia que o Paul Auster andasse por aí a fazer trilogias À farta) apesar do "Saramago" de José Caim e do "Pocinho Express" de Agatha Christie no Bicho-Carpinteiro... eu nem reparei nas diferenças... :)

cumps

Ana Sousa disse...

Acreditas que nem reparei nos outros títulos?|: Xiça, isto deve ser do tempo.

jp, le miserable disse...

fui agora ao Bicho-Carpinteiro e vi um livro no qual reparei...

"Auster" de Paul Visible. na altura pensei que fosse uma biografia do Paul Auster... x)

sim, acredito e sim, provavelmente é do tempo... mas não te afecta só a ti... :)

cumps

marteodora disse...

EH,EH,EH
Vocês são fantásticos.