quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Os Homens que Matam Cabras só com o Olhar



sinceramente gostei. mais ninguém no meu grupo de familiares gostou. eu gostei. é estúpido sim senhor. não tem sentido, isso também é uma grande verdade. e não faz falta algo sem sentido? sinceramente fez-me lembrar Beatles, principalmente o John e a "I am the Walrus". e discordo da afirmação "é que não se pode tirar nada deste filme". para além da óbvia crítica à guerra no Iraque, também é, pelo menos para mim, um hino à liberdade criativa e à paz. talvez seja o único a gostar do filme, mas gostei. não é um filme por aí além, mas entra claramente na divisão dos "filmes a sério", como não há assim tantas comédias. também não conheço muitas...

PS:.nota especial para a tradução, que eu considero, sinceramente, sublime.

2 comentários:

Ana Sousa disse...

Ainda não consegui ver esse filme até ao fim, apesar de já ter tentado. É uma pena porque tem um leque de actores invejável. A ver se lhe dou uma oportunidade.

jp, le miserable disse...

quem o viu comigo disse, no fim do filme, que nunca mais iria ver um filme pelos actores. eu não respondi, porque não deixa de ser uma parcial verdade, mas um actor "a sério" diz muito sobre os filmes que faz.

cumps